SEG: 06:00 ÀS 22:00      ► 12:00 (BIKE) | 18:00 (ABDOMINAL) | 18:30 (CIRC. FUNCIONAL) | 19:30 (JUMP)
(51) 3709.0796

PILATES

PILATES NO EQUILÍBRIO MUSCULAR

O pilates é um método que trabalha condicionamento físico e mental concomitantemente. Tem como objetivo melhorar o equilíbrio entre esforço físico e desempenho, através da coordenação e compreensão correta do movimento (CRAIG, 2004). “Não interessa o que você faz e, sim, como você faz”. Este método trabalha o corpo como um todo, corrigindo a postura e realinhando a musculatura, desenvolvendo a estabilidade corporal necessária para uma vida mais saudável (PIRES; SÁ, 2005). “Respeite seu próprio ritmo”.

Atualmente, tem-se notado uma maior recorrência de doenças modernas (doenças musculoesqueléticas) e como principais causas destas doenças encontramos o sedentarismo, elevadas horas de trabalho e/ou trabalho com movimentos repetitivos e, principalmente a má postura, muitas vezes todas essas causas associadas. São citadas como doenças modernas: a lombalgia tendo como causa principal os vícios posturais aliados à fraqueza muscular; a escoliose; problemas do assoalho pélvico; algias de fatores tensionais; e tendinites (RAIOL; RAIOL, 2010; KLEINPAUL; et. al., 2008).

“Hábitos incorretos são responsáveis pela maioria de nossas doenças, se não por todas elas”.

O método pilates tem como base o conceito da contrologia, que é o controle consciente de todos os movimentos musculares do corpo e a busca da correta utilização e aplicação dos mais importantes princípios das forças que atuam em cada movimento, com o completo conhecimento dos mecanismos funcionais do corpo e o total entendimento dos princípios de equilíbrio e gravidade aplicados a cada movimento, ou seja, saber movimentar seu corpo no dia a dia sem correr riscos de lesões e de antecipar o desgaste natural do corpo (FISIOTERAPIA MANUAL, 2014). “Contrologia desenvolve um corpo uniforme, corrige posturas erradas, restaura a vitalidade física, vigora a mente e eleva o espírito”.

Para atingir os benefícios do método pilates e ter uma melhor eficácia na série de atividades, essa técnica utiliza seis princípios: concentração, respiração, alinhamento, controle do centro (Power House), eficiência e fluidez de movimentos. A concentração primeiramente tem uma importância educacional para aprender sobre o corpo e seu funcionamento, muitas vezes mostrando o movimento e entendendo quais músculos devem estar envolvidos e os que devem estar em estado de repouso. A respiração é fundamental para este método, pois ela ajuda o aquecimento, a realização mais eficiente dos exercícios e o relaxamento. O alinhamento corresponde a correção postural, conhecido como biomecânica funcional, movimento correto, sem compensações. O Power House é citado como o centro de força do corpo, localizado na região inferior do tronco, tendo como principais responsáveis os músculos abdominais reto, oblíquos internos e externos, transverso, multifídios e assoalho pélvico. Eficiência se remete ao exercício que, quando bem realizado não precisa de muitas repetições e sim enfatiza sua qualidade. E a fluidez significa sua continuidade, como objetivo de não ter pausas, comparado como uma dança (CRAIG, 2004; CAMARÃO, 2004; MARCHESONI; et. al., 2010).

“Se aos 30 anos você está sem flexibilidade e fora de forma, você é um velho. Se aos 60 anos você é flexível e forte, você é um jovem”.

    Horários Consulta

  • Agendamentos
    Fone: (51) 3709.0796